Atitudes que atrapalham o emagrecimento

Você acorda cedo, tem uma alimentação com zero carboidratos, passa horas na academia e ainda gasta um bom dinheiro em procedimentos estéticos e mesmo assim não consegue emagrecer como gostaria?

O fato é que o emagrecimento não é somente uma questão de contar calorias e sim de adotar medidas que permitam ao seu corpo funcionar adequadamente para eliminar as gordurinhas extras e emagrecer de vez de forma saudável e definitiva.

O que acontece é que muita gente, mesmo fazendo muito esforço, acaba não conseguindo emagrecer como gostaria e a resposta para isso pode estar em pequenos erros que são cometidos no dia a dia e você nem percebe.

Então, vamos conhecer a seguir as atitudes que atrapalham o emagrecimento:

Exercitar-se por muito tempo e com pouca intensidade

A pair of female feet standing on a bathroom scale with red apple and tape measure between them

Correr na esteira por 1 hora gasta a mesma quantidade de calorias do que caminhar na esteira por 3 horas seguidas.

Portanto, vale muito mais a intensidade a atividade escolhida do que o tempo que você passa realizando ela.

Uma prova disso são os treinamentos HIIT, que são de alta intensidade e usam cerca de 15 a 20 minutos do seu dia.

Não beber água

Para que seja possível eliminar a gordura, o organismo precisa de um meio aquoso. Até mesmo para a quebra dos carboidratos ingeridos é preciso de água.

Portanto, procure tomar uma boa quantidade de água todo o dia para que isso favoreça e potencialize ainda mais seus esforços de emagrecimento.

Atenção aos carboidratos

As dietas que eliminam completamente o consumo de carboidratos, incluindo de legumes e frutas, fazem o metabolismo desacelerar. Isso porque o corpo nota a escassez da sua conte de energia e entra em modo de armazenamento.

Além de entrar nesse modo de proteção, o corpo ainda passa a buscar energia na proteína muscular, que é mais simples do que queimar a gordura estocada.

Não favorecer o funcionamento hepático e intestinal

Consumir alimentos detox e sucos não promovem um emagrecimento direto, porém contribuem para o bom funcionamento dos intestinos e do fígado.

Vale lembrar que quando há excesso de toxinas, o fígado pode ficar sobrecarregado, não funcionando adequadamente para o processamento de gordura.

Já o intestino pode ser beneficiado com o consumo de alimentos probióticos, que contribuem para a flora e a absorção de nutrientes.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre as atitudes que atrapalham o emagrecimento. Para saber mais, assista o vídeo abaixo:

8 Dicas Para Ter Uma Vida Saudável

Se você sente que suas emoções dominam sua vida sem que você possa fazer algo para evitá-lo, talvez você precise rever alguns pontos de sua saúde emocional. Não entenda mal: abrir espaço para os seus sentimentos, lutar por eles e deixar-se guiar é muito bom. O ponto de alguém emocionalmente saudável é que não traz problemas no seu dia a dia. 

Se, por outro lado, você sente que não consegue lidar com suas emoções e tem permanentemente a sensação de não ser o dono de si mesmo, há um problema que não tem nada a ver com sentimentos. O ambiente que o rodeia e a maneira como você se relaciona com ele podem estar afetando sua saúde emocional.

Você deve saber que ser emocionalmente saudável é uma decisão. 

É o mesmo que decidir estar em forma. Requer um pouco de esforço, exercitar certos aspectos e “fazer dieta” daquelas coisas que não lhe fazem bem.

Se você receber esse equilíbrio é o mesmo que com o corpo: uma vez que você começou a onde você quer para ser uma maneira sistemática e equilibrada, não vai custar muito trabalho para ficar lá. 

Há muitas coisas que você pode começar a ser emocionalmente saudável. Mas também há muitos que você deveria parar de fazer de uma vez por todas. 

Veja essas 8 dicas, e você sentirá muito melhor emocionalmente.

1. Busque aprovação constante

Pessoas com boa saúde emocional não esperam a aprovação constante dos outros. Claro, todos nós gostamos de saber que o que fazemos agrada os outros. 

Mas se você quer ser emocionalmente saudável, deve ter a convicção de que a única opinião que conta para a sua vida é a sua. Um dos outros sempre tem que vir em segundo lugar. 

2. Deixe os outros controlarem suas emoções

Na mesma linha do ponto anterior, é importante saber que, muitas vezes, essas emoções negativas que você sente o tempo todo não são suas: você as está tirando dos outros.

Aquele amigo que usa você como depositário de todos os seus problemas. Aquele colega tóxico que só te lembra o quanto você faz coisas ruins. Até mesmo seus pais, julgando suas decisões. 

É normal sermos afetados pelo que acontece em nosso ambiente, mas é hora de você sentir e pensar até que ponto vai deixar sua saúde emocional nas mãos dos outros.

3. Desconfie de suas habilidades

A coisa mais importante se você quer ser emocionalmente saudável é ter plena confiança em si mesmo. De que você é capaz, em suas habilidades e nas coisas que o tornam único. 

Você tem que saber que o que você propôs pode não chegar durante a noite. O que exigirá seu esforço e, acima de tudo, sua convicção. Portanto, você deve estar sempre convencido de que é capaz de fazê-lo, mesmo quando surgem dificuldades. 

4. Colocando-se no lugar da vítima

Muitas vezes tendemos a nos vitimar e culpar os outros por nossos problemas. Ser emocionalmente saudável significa reconhecer que você não pode controlar o que está fora de você, mas pode controlar sua atitude em relação a ele.

Isso quer dizer: você decide o quanto isso afeta o que acontece ao seu redor. Você não é uma vítima do que acontece com você: você é o ator principal em sua vida e tem o poder de sempre decidir. 

5. Sempre diga sim

Assim como você pode decidir como as coisas afetam você, logicamente, você tem o poder de decidir sobre si mesmo. Dos seus tempos, do seu corpo e da sua vida, você é o dono absoluto. 

Então, se você quer ser emocionalmente saudável, deve saber quando dizer sim e quando dizer não. Se você sempre diz sim, o mundo inteiro se torna seu mestre, e não permite que você tome suas próprias decisões, porque sempre haverá alguém lá exigindo algo de você.

6. Medo da mudança

medo é um dos piores sentimentos que você pode ter. É, talvez, a emoção que nos impede de avançar e ser melhor. 

Se você entende a mudança como uma oportunidade real de crescer e melhorar sua vida, pode se beneficiar dela. 

7. Perder tempo

Vamos lá, isso não significa que você deve passar o dia todo trabalhando. Mas as pessoas com emoções saudáveis ​​dedicam a maior parte do tempo às coisas que as fazem bem, que as ajudam a se aproximarem de onde querem estar. 

Perder tempo significa passar o dia todo fazendo coisas que não têm nada a ver com você ou com seu estilo de vida, só porque você acha que deveria fazê-las. 
Para ser saudável emocionalmente, você precisa dar prioridade a tudo o que implica ser melhor.

8. Acredite que a felicidade “vem” (sem você se mexer)

felicidade chega, sim. Mas o erro é acreditar que é algo que vem sozinho. Se você quer ser emocionalmente saudável, a lição mais importante que você deve aprender é esta: felicidade que você constrói dia a dia.

 
Se você conseguir entender que estar bem não depende de ninguém além de você, estará muito mais perto de estar exatamente onde você quer.