Descubra os Melhores Alimentos Para Calvície

Tanto homens como mulheres desejam ter um cabelo bonito e saudável, mas poucos têm a sorte de poder ter a saúde de seus cabelos como garantida. Lembre-se de que o cabelo é um tecido que cresce rapidamente e o que você come pode fazer uma enorme diferença na saúde do seu cabelo, caso você tenha algumas falhas no cabelo, o ideal é fazer o uso do melhor chá para queda de cabelo que assim você irá fortalecer e aumentar o volume dos seus cabelos naturalmente.

Muitos fatores, como estresse, doenças subjacentes, predisposição genética e reações do uso de produtos capilares podem afetar seu cabelo. Mas o principal fator é sua dieta.

É importante nutrir seu cabelo por dentro. Proteína, que é o principal bloco de construção do cabelo, é um nutriente essencial, juntamente com carboidratos complexos, ferro, vitaminas do complexo B, ácidos graxos, enxofre e zinco. Sua dieta deve ter um equilíbrio perfeito destes.

Alguns super alimentos podem ajudar a promover o crescimento do cabelo e resolver problemas de cabelo diferentes.

1. Salmão

Existem muitas razões para colocar o salmão no topo da lista. É cheio de proteínas, ácidos graxos ômega-3, ferro e vitaminas B12 e D. Todos estes são essenciais para o cabelo saudável. Os ácidos graxos essenciais ômega-3 ajudam a manter o couro cabeludo flexível e hidratado. A deficiência desse nutriente pode causar cabelos sem brilho e até queda de cabelo.

Enquanto isso, a alta quantidade de proteína, ferro e vitamina D no salmão melhora a força do cabelo e previne a quebra.

Ao incluir o salmão em sua dieta, você pode desfrutar de cabelos brilhantes, assim como um melhor crescimento dos cabelos. Você pode ter salmão assado, grelhado ou defumado, dependendo de qual você preferir comer.

2 ovos

Para melhor crescimento e textura do cabelo, você precisa comer muita proteína. O cabelo é composto de queratina, que é um tipo de proteína. Os ovos são uma das melhores fontes de proteína . A proteína presente nos ovos é considerada proteína de alta qualidade e é excelente para o crescimento e a força do cabelo.

Além disso, os ovos contêm biotina e vitaminas do complexo B, que desempenham um papel importante na prevenção de problemas de perda de cabelo e melhorando a saúde geral do couro cabeludo.

Tente comer um ovo diariamente ou a cada dois dias. Você pode comer ovos mexidos, ovos fritos ou ovos cozidos, dependendo da sua preferência.

3. Amêndoas

Nozes como amêndoas, nozes, caju e nozes são boas para o seu cabelo. Mas as amêndoas são consideradas as melhores para prevenir a perda de cabelo e promover o crescimento do cabelo.

Amêndoas são carregadas com zinco que desempenha um papel fundamental na manutenção da circulação saudável no couro cabeludo, que por sua vez proporciona cabelos brilhantes, saudáveis ??e bem hidratados.

As amêndoas também contêm um alto nível de ácidos graxos ômega-3 que adicionam brilho e volume aos cabelos. Sendo rica em vitamina E, as amêndoas também ajudam a evitar pontas duplas e promovem o crescimento de cabelos saudáveis.

Mantenha um pequeno saco de amêndoas torradas secas com você e coma-as como petiscos sempre que sentir fome. Você também pode mergulhar duas ou três amêndoas em meia xícara de água durante a noite. De manhã, descasque a pele e coma-os.

4. Brócolis

O brócolis é uma rica fonte de vitaminas A e C, que ajudam a produzir sebo. O sebo é a substância oleosa secretada pelos folículos pilosos e funciona como um condicionador natural do cabelo . Além disso, o brócolis é rico em ferro, potássio, cálcio, magnésio e ácidos graxos ômega-3, necessários para o crescimento saudável dos cabelos.

Para aproveitar ao máximo os nutrientes presentes no brócolis, coma as cabeças de brócolis cru como um lanche ou na salada três ou quatro vezes por semana.

5. Quinoa

Este tipo de grão integral é extremamente bom para o seu cabelo. Carregado com proteína, a quinoa ajuda a fortalecer os fios de cabelo. De fato, a proteína extraída desse grão é usada em produtos capilares de alta qualidade.

Além disso, a vitamina E presente na quinoa equilibra a produção de óleo natural para que o couro cabeludo e o cabelo fiquem adequadamente hidratados e livres de caspa. Quinoa também tem biotina, niacina e vitaminas B6 e B12 que são vitais para o crescimento do cabelo.

Quinoa tem um sabor de noz, terra e é ótimo em guisados ??e caril. Também é perfeito para adicionar a salada ou assados.

6. Feijão Vermelho

Feijão é uma excelente fonte de nutrientes essenciais para cuidados com os cabelos. Junto com a proteína, o feijão é uma rica fonte de ferro, zinco e biotina. Proteína ajuda a fortalecer os fios de cabelo e promove o crescimento do cabelo . A biotina também é essencial para uma ótima saúde capilar e sua deficiência pode causar cabelos quebradiços.

Até mesmo a American Dietetic Association (Associação Dietética Americana) recomenda três ou mais xícaras de feijão todos os dias para desfrutar de um cabelo mais forte, mais brilhante e mais grosso.

Feijão pode ser adicionado a saladas, guisados ??e acompanhamentos. Você também pode purê-los em mergulhos e spreads.

O queijo cottage é uma excelente comida para o seu cabelo. Contém soro de leite e caseína, duas proteínas de alta qualidade que evitam o couro cabeludo seco. Sem proteína adequada, o cabelo pode ficar seco, quebradiço e danificado.

Além disso, queijo cottage tem vitaminas D e B-5, que desempenham um papel importante no crescimento do cabelo. É também uma boa fonte de todos os aminoácidos essenciais necessários para um cabelo saudável e bonito.

Você pode comer queijo cottage como um lanche ou tentar incluir alguns cubos de queijo cottage em sua salada ou sopa.

8. Ervilhas Verdes

Ervilhas verdes contêm uma grande variedade de vitaminas e minerais que são essenciais para o cabelo saudável. Eles têm ferro, zinco e potássio que mantém o cabelo vibrante e forte .

As ervilhas também contêm vitaminas B, como folato, B6 e B12, necessárias para criar glóbulos vermelhos que transportam oxigênio e nutrientes por todo o corpo, inclusive no couro cabeludo. Além disso, a alta quantidade de vitamina C presente nas ervilhas é necessária nos folículos capilares para um crescimento ideal.

Você pode comer ervilhas cruas e cozidas para desfrutar de um cabelo saudável. Ervilhas cozidas podem ser adicionadas a salada, sopa ou qualquer tipo de prato.

9. Sementes De Abóbora

https://youtu.be/Wp0HZsJOfUI

Sementes de abóbora são um dos melhores alimentos que você pode adicionar à sua dieta, se você quiser cabelos saudáveis. Sementes de abóbora contêm proteínas, zinco, selênio, biotina, potássio, cobre, ferro, vitaminas do complexo B, vitamina E, magnésio e cálcio. Eles também são ricos em ácidos graxos ômega-6 que contribuem para cabelos saudáveis, bem como grossos e brilhantes.

Você pode comer sementes de abóbora levemente assadas como um lanche, adicionar uma colherada a uma salada ou sopa ou polvilhar um pouco do seu pão ou outras receitas de cozimento para dar mais sabor.

10. Manga

As mangas são ricas em vitaminas e minerais que nutrem e promovem o crescimento do cabelo. Esta fruta suculenta é rica em vitamina C, essencial para a produção de colágeno que dá estrutura ao cabelo. A vitamina C também ajuda na absorção de ferro no sangue. A deficiência de ferro interrompe o ciclo normal de crescimento do cabelo e pode resultar em perda de cabelo.

Além disso, as mangas contêm vitaminas A e E. Enquanto a vitamina A ajuda a combater a caspa , a vitamina E melhora a circulação do couro cabeludo e estimula o crescimento do cabelo.

Você pode comer mangas como uma fruta inteira ou beber sucos ou smoothies de manga. As fatias de manga também são uma adição saborosa ao iogurte.

Você pode melhorar o crescimento, textura, brilho e saúde geral do seu cabelo, comendo estes superalimentos saborosos que podem ser facilmente incorporados em sua dieta.

Dicas para você conseguir emagrecer de forma rápida e eficaz

A luta pelo emagrecimento vem crescendo e as ofertas de dietas “milagrosas” também. Diante de tantas dietas que o mundo nos oferece, parece impossível que não se obtenha sucesso com nenhuma delas, mas isto acontece com muitas pessoas.

Neste processo de emagrecimento, quando não se obtém nenhum (ou o mínimo) de resultado é muito frustrante. Geralmente as dietas exigem “sacrifícios” e disciplina.

Nesta guerra com tentativas e fracassos o estresse vai minando a vida da pessoa e o desânimo toma conta, mas a boa notícia é que hoje você pode fazer aprender várias receitas para emagrecer e aplicar tudo que ensina no cardápio que você conseguirá ótimos resultados, e se você quiser melhorar mais ainda esses resultados, basta fazer o uso de algum emagrecedor natural, e o detox shake funciona mesmo para aquelas pessoas que estão muito acima do peso e deseja emagrecer de forma mais rápida.

Se este é o seu caso, procure um profissional da saúde para que ele investigue através do seu histórico e exames onde está sua dificuldade. Lembre-se que cada indivíduo é diferente, o que dá resultado para um amigo, pode não dar para você.

Para lhe dar uma ideia, selecionamos algumas causas que podem estar impossibilitando o seu sucesso nas dietas de emagrecimento.

Hormonal

Seus hormônios podem estar em desequilíbrio. Vários fatores podem ocasionar este desequilíbrio: cansaço, ansiedade, ciclos menstruais, depressão, problemas com a tireoide e outros.

Exercícios

A necessidade de uma atividade física é muito importante no processo de emagrecimento. Muitas pessoas afirmam que se exercitam e mesmo assim não emagrecem. Pode ser que a forma que estão fazendo não está beneficiando seu corpo. Descubra o que funciona melhor para seu corpo.

Carência de vitamina D

A falta de vitamina D no organismo está associada ao ganho de peso assim como também a outros processos que envolvem o metabolismo. Se você é do tipo de pessoa que fica muito tempo sem tomar sol, em ambientes fechados, provavelmente você tem esta deficiência. Através de um exame você poderá saber o seu nível desta vitamina no seu organismo. Se for constatado a deficiência, o médico poderá lhe orientar um bom suplemento vitamínico.

Sedentarismo

Uma das causas da obesidade é o sedentarismo. Muitos trabalhos exigem que as pessoas passem horas sentadas. Se este é o seu caso, procure movimentar-se nos intervalos do seu trabalho.

Disfunções na absorção

O funcionamento dos intestinos determina o bem-estar e o funcionamento do nosso organismo. Intestinos lento ou disfuncional podem estar atrapalhando sua dieta.

Exagero nas quantidades de alimentos

Mesmo que o alimento seja saudável, você deve ingerir com moderação. Faça de 5 a 6 refeições (porções) por dia com pequenas quantidades.

Mastigar bem

Mastigar bem os alimentos ajuda a perder peso além de melhorar seu processo digestivo.

Estresse

O estresse, a longo prazo, pode desequilibrar os níveis de açúcar no sangue, alterar níveis de cortisol e outros hormônios.

https://www.youtube.com/watch?v=fHS2eLio98M

Quando usar máscara capilar e quando usar condicionador

Ninguém mais duvida da importância dos cabelos para as mulheres, que vai muito além da beleza e estética. Para a grande maioria das mulheres, eles têm a ver com a sua autoestima, poder, sedução, ego, humor e, até mesmo, com a sua vida.

Quem nunca viu alguma mulher ao mudar de vida, seja por um novo emprego, um final, ou início, de relacionamento, enfim, ela mudar, também, de corte ou cor de cabelo?

O fato é que toda mulher quer ter cabelos bonitos e bem tratados. Assim, tudo que diz respeito a eles interessa e as dúvidas são muitas. Inclusive, uma bem básica: quando usar máscara e quando usar condicionador?

Essa também é sua dúvida? Então, veio ao lugar certo, vamos explicar aqui em detalhes!

Antes de mais nada, é preciso entender que tanto o condicionador, como a máscara capilar, se usados da forma correta, podem ajudar, e muito, na saúde e beleza dos cabelos.

O problema, no entanto, é saber quando usar cada um deles, o que você vai descobrir agora! Mas se o seu problema for queda de cabelo e você deseja melhorar e fortalecer os fios, o capimax hair é um produto natural que ajuda a combater a queda de cabelo e fortalecer os fios.

Condicionador x máscara capilar

Primeiramente, vamos entender as principais diferenças entre esses dois produtos.

  • Condicionador: serve para fechar as cutículas dos fios, que são abertas com o shampoo. Embora o condicionador não tenha o poder de tratamento, ele serve para dar brilho e maciez aos fios.
  • Máscara: serve para garantir a manutenção de um tratamento que começa com um profissional no salão.

Então, embora sejam produtos diferentes e com funções específicas, ambos têm em comum o fato de não poderem ser aplicados diretamente no couro cabeludo.

Um produto pode substituir o outro?

Não! Além de ser possível substituir um produto pelo outro, muitas vezes, é preciso usar os dois juntos para potencializar o tratamento.

Porém, se não tiver o condicionador em casa, pode até usar a máscara em seu lugar, mas só em ocasiões extraordinárias, ou seja, uma vez ou outra, nesse caso, precisando diluir o produto com água.

O ideal é aplicar a máscara na mão, junto com um pouco de água, para dissolver e deixá-la mais suave, caso use-a no lugar do condicionador.

Frequência ideal

Condicionador

É preciso usar o condicionador toda vez que lavar os fios, pois toda vez que você lava os cabelos, as cutículas se abrem para limpar, então, precisa usar o condicionador para ajudar a selar, trazendo uma textura maleável aos fios.

E mais, se lavar os cabelos e não usar condicionador, poderá ficar com o cabelo muito áspero. A dica, portanto, é procurar produtos indicados para o seu tipo de cabelo.

Máscara

No caso da máscara, ela deve ser usada com um intervalo maior, uma ou duas vezes na semana.

A dica é usar a máscara após o shampoo, no comprimento e pontas, deixando agir por cinco minutos, depois enxaguar. Para uma melhor finalização, procure aplicar o condicionador depois e enxaguar.

Ou seja, usando nessa ordem, máscara e condicionador, você vai conseguir selar a cutícula e deixar os cabelos com um melhor acabamento. O condicionador serve ainda para finalizar, deixando os fios macios e com um super brilho.

5 Dicas para prevenir ou amenizar as varizes

As varizes, além de serem um problema estético, interferindo na autoestima de muitas mulheres, também podem representar um sério risco à saúde, podendo desencadear uma série de doenças.

Infelizmente, pesquisas apontam que mais de 50% da população sofre desse problema, que pode aparecer como pequenos vasinhos, ou veias grossas e salientes.

Para quem não sabe, varizes são dilatações das veias que acabam gerando dores e sensações desconfortáveis ao corpo, impedindo a circulação do sangue, o que piora ainda mais o estado das regiões afetadas.

Principais causas das varizes

As varizes costumam aparecer com maior incidência nas mulheres, principalmente, durante a gestação, mas também podem surgir em pessoas sedentárias, obesas ou com predisposição genética.

Embora, geralmente, as varizes seja um problema crônico, em alguns casos, no entanto, dependendo do grau, elas podem ser tratadas.

Em casos graves, porém, o tratamento pode ser cirúrgico, embora, mesmo assim, não há garantia de que o problema não volte a aparecer.

Mas, a boa notícia é que, na maior parte dos casos, as varizes podem ser evitadas, bastando seguir algumas dicas, tais como:

Mudar o estilo de vida

Praticar exercícios, caminhar, andar de bicicleta, são atividades que ajudam a circulação e ainda contribuem para a perda de peso. E, claro, junto com essas atividades, é preciso investir em uma alimentação mais saudável, baseada em fibras, rica em nutrientes, frutas, cereais, verduras e legumes.

Opções naturais

Alguns fitoterápicos são muito benéficos para tratar as varizes, principalmente, os vendidos em farmácias de manipulação. Procure consultar um especialista para descobrir o que pode ser mais eficaz no seu caso.

O creme para varizes Varizero funciona muito bem e também é um produto natural.

Vale ainda apostar em opções naturais como o ginkgo biloba, que ajuda no alívio da dor e proporciona maior resistência à circulação local, ou em hamamélis e aloe vera, que além de possuírem ação antioxidante, também agem no combate ao bloqueio das veias.

E, como não poderia deixar de ser, nunca é demais apelar para um bom escalda-pés com água morna de ervas fervidas, que ajuda a aliviar os sintomas do problema.

Pernas para cima

Outra dica é reserve, todos os dias, uns 15 minutos com as pernas para cima, para fazer com que o sangue desça, e assim diminuir as dores. E ao se deitar, procure dormir com as pernas mais elevadas que o corpo.

O importante é, seja no trabalho ou em casa, procurar fazer intervalos para relaxar as pernas, evitando longos períodos sem movimento.

Meias de compressão

Já bem conhecidas, as meias de compressão são ideais para casos onde há dores e inchaços, podendo ser encontradas em lojas de equipamentos hospitalares ou ortopédicas especializadas. E vale evitar usar calçados, calças e meias muito apertadas por longos períodos, dando uma folga aos seus pés.

Invista em Massagens e terapias

Nessa luta para combater as varizes ou seus sintomas, vale apelar para massagens relaxantes, terapêuticas, drenagem linfática, acupuntura, aromaterapia, cromoterapia. Ou, se preferir, pode também apenas fazer massagens leves nos locais das varizes, deslizando os dedos na direção oposta aos pés, no caminho do coração. Uma dica é usar óleos de alecrim e lavanda.

Lembrando que essas são dicas para casos mais leves, pois, se sentir dores muito fortes, é preciso procurar ajuda profissional o mais rápido possível, para  que seja analisada a situação das pernas.

Dicas Para Prevenir as Varizes

Para que você não precise remover varizes, evite sua formação. Um estilo de vida saudável às vezes pode reduzir a aparência das veias. No entanto, as varizes são genéticas em alguns casos, portanto, infelizmente, as veias feias não podem ser completamente evitadas. No entanto, com os seguintes comportamentos, você pode limitar preventivamente a extensão de suas varizes.

Mova-se suficientemente

As varizes são frequentemente o resultado de pouco exercício e prolongado sentado e deitado. Quem só se deita no sofá após um longo dia no escritório aumenta o risco de desenvolver varizes a longo prazo. Mesmo que seja tão difícil, após um dia de trabalho duro , você deve fazer algum exercício , como uma caminhada ou uma visita à academia.

Mesmo na vida cotidiana, pequenas mudanças podem fazer a diferença. Em vez do elevador, você pode simplesmente subir as escadas e integrar um pouco mais de exercícios à sua vida cotidiana. Isso aumenta o fluxo sanguíneo e garante que o sangue possa circular melhor, resultando em menos varizes.

Realizar exercícios venosos

Para evitar varizes de maneira particularmente eficaz, recomenda-se uma ginástica venosa especial, que fortalece especificamente as veias. Estes são exercícios específicos de força e alongamento que você pode integrar à sua vida cotidiana para fortalecer o fluxo sanguíneo.

Por exemplo, se você trabalha muito sentado, mova os dedos conscientemente a cada hora, alongando, dobrando e movendo-se para frente e para trás. Mesmo dar alguns passos nas pontas dos dedos dos pés ou nos calcanhares pode aumentar a circulação nas veias.

Usar meias de apoio

Especialmente em viagens longas, nas quais você deve ficar sentado no carro ou no avião por um longo período, é recomendável usar meias de apoio e o creme Varigold que é um creme para tratar as varizes e ajuda aliviar as dores nas pernas que as varizes provoca.

Estes impedem não apenas uma trombose, mas também varizes. As meias de apoio promovem a circulação sanguínea. Isso é recomendado não apenas em viagens longas , mas se você passa muito tempo sentado , por exemplo, no trabalho.

Embora você possa aguentar muito sem se mover bem, recomenda-se a utilização de meias de apoio para ajudar as veias a bombear o sangue de volta ao coração para evitar varizes.

Vida saudável

Geralmente, um estilo de vida saudável é recomendado para combater a formação de varizes. Tente limitar o consumo de álcool e nicotina e parar de fumar completamente .

Um copo de vinho tinto em ocasiões especiais é bastante razoável, mas você deve se abster de um consumo excessivo de álcool.

Tente também beber bastante água e comer bem. Embora você não possa prevenir as varizes diretamente, você pode apoiar seu corpo de maneira ideal e mantê-lo totalmente funcional.

Você sabe como manter uma próstata saudável?

Embora essa glândula possa ser afetada por muitas condições à medida que os homens envelhecem, muitas delas desconhecem sua função e alguns sinais de alerta.

À medida que o mês do pai se aproxima, começam a surgir questões relacionadas aos homens, como as relacionadas à saúde. Uma delas é a famosa próstata, que quase sempre é cercada por tabus e, às vezes, por sexismo excessivo.

O engraçado é que, para muitos homens, é uma grande incógnita, apesar do risco de desenvolver câncer e outras condições em idades avançadas.

É por isso que hoje compartilhamos alguns fatos interessantes sobre essa glândula, que o ajudarão a conhecê-la e a cuidar melhor dela.

1. Apenas homens têm próstata. Sua função é produzir fluido seminal, que é misturado com esperma para produzir sêmen.

2. É do tamanho de uma noz e está localizado logo abaixo da bexiga, entre a raiz do pênis e o ânus. Com a idade, aumenta lentamente de tamanho.

3. Se ficar muito grande, poderá causar problemas. Esse aumento é muito comum após 50 anos. Ao longo dos anos, é mais provável que você tenha problemas de próstata.

4. De acordo com o site netdoctor.co.uk, se a próstata cresce muito, o fluxo de urina pode ser mais fraco, mas seu tamanho não está relacionado ao câncer.

5. Para manter uma próstata saudável, tente comer seis porções de frutas e legumes por dia juntamento com o CuraProst que é um suplemento natural que previne doenças de próstata. Inclua três porções de peixe, como a sardinha de salmão, rica em vitamina D e ácidos graxos essenciais, ômega-3 e ômega-6.

6. Os japoneses e chineses têm níveis muito baixos de câncer de próstata e acredita-se que sejam devidos ao consumo de chá verde, pois é rico em polifenóis, que possuem propriedades antioxidantes.

7. O exercício ajuda a equilibrar os níveis hormonais, prevenir a obesidade e estimular o sistema imunológico. E nunca é tarde para fazer atividade física: estudos mostraram que o exercício é benéfico mesmo para homens que foram diagnosticados com câncer de próstata e estão em tratamento.

Sinais de atenção


Fique atento a distúrbios urinários, como dificuldade em começar a urinar ou fluxo de urina lenta ou lentamente.

Outros sinais podem estar vazios ou pingos incompletos quando você terminar de urinar, urinar com freqüência durante o dia, precisar urinar duas ou mais vezes à noite, incontinência urinária e dor ou ardor ao urinar.

Diante desses sinais, não perca tempo e consulte o médico para descartar a existência de uma condição que comprometa seriamente sua saúde ou para iniciar o tratamento o mais rápido possível.

8 Dicas Para Ter Uma Vida Saudável

Se você sente que suas emoções dominam sua vida sem que você possa fazer algo para evitá-lo, talvez você precise rever alguns pontos de sua saúde emocional. Não entenda mal: abrir espaço para os seus sentimentos, lutar por eles e deixar-se guiar é muito bom. O ponto de alguém emocionalmente saudável é que não traz problemas no seu dia a dia. 

Se, por outro lado, você sente que não consegue lidar com suas emoções e tem permanentemente a sensação de não ser o dono de si mesmo, há um problema que não tem nada a ver com sentimentos. O ambiente que o rodeia e a maneira como você se relaciona com ele podem estar afetando sua saúde emocional.

Você deve saber que ser emocionalmente saudável é uma decisão. 

É o mesmo que decidir estar em forma. Requer um pouco de esforço, exercitar certos aspectos e “fazer dieta” daquelas coisas que não lhe fazem bem.

Se você receber esse equilíbrio é o mesmo que com o corpo: uma vez que você começou a onde você quer para ser uma maneira sistemática e equilibrada, não vai custar muito trabalho para ficar lá. 

Há muitas coisas que você pode começar a ser emocionalmente saudável. Mas também há muitos que você deveria parar de fazer de uma vez por todas. 

Veja essas 8 dicas, e você sentirá muito melhor emocionalmente.

1. Busque aprovação constante

Pessoas com boa saúde emocional não esperam a aprovação constante dos outros. Claro, todos nós gostamos de saber que o que fazemos agrada os outros. 

Mas se você quer ser emocionalmente saudável, deve ter a convicção de que a única opinião que conta para a sua vida é a sua. Um dos outros sempre tem que vir em segundo lugar. 

2. Deixe os outros controlarem suas emoções

Na mesma linha do ponto anterior, é importante saber que, muitas vezes, essas emoções negativas que você sente o tempo todo não são suas: você as está tirando dos outros.

Aquele amigo que usa você como depositário de todos os seus problemas. Aquele colega tóxico que só te lembra o quanto você faz coisas ruins. Até mesmo seus pais, julgando suas decisões. 

É normal sermos afetados pelo que acontece em nosso ambiente, mas é hora de você sentir e pensar até que ponto vai deixar sua saúde emocional nas mãos dos outros.

3. Desconfie de suas habilidades

A coisa mais importante se você quer ser emocionalmente saudável é ter plena confiança em si mesmo. De que você é capaz, em suas habilidades e nas coisas que o tornam único. 

Você tem que saber que o que você propôs pode não chegar durante a noite. O que exigirá seu esforço e, acima de tudo, sua convicção. Portanto, você deve estar sempre convencido de que é capaz de fazê-lo, mesmo quando surgem dificuldades. 

4. Colocando-se no lugar da vítima

Muitas vezes tendemos a nos vitimar e culpar os outros por nossos problemas. Ser emocionalmente saudável significa reconhecer que você não pode controlar o que está fora de você, mas pode controlar sua atitude em relação a ele.

Isso quer dizer: você decide o quanto isso afeta o que acontece ao seu redor. Você não é uma vítima do que acontece com você: você é o ator principal em sua vida e tem o poder de sempre decidir. 

5. Sempre diga sim

Assim como você pode decidir como as coisas afetam você, logicamente, você tem o poder de decidir sobre si mesmo. Dos seus tempos, do seu corpo e da sua vida, você é o dono absoluto. 

Então, se você quer ser emocionalmente saudável, deve saber quando dizer sim e quando dizer não. Se você sempre diz sim, o mundo inteiro se torna seu mestre, e não permite que você tome suas próprias decisões, porque sempre haverá alguém lá exigindo algo de você.

6. Medo da mudança

medo é um dos piores sentimentos que você pode ter. É, talvez, a emoção que nos impede de avançar e ser melhor. 

Se você entende a mudança como uma oportunidade real de crescer e melhorar sua vida, pode se beneficiar dela. 

7. Perder tempo

Vamos lá, isso não significa que você deve passar o dia todo trabalhando. Mas as pessoas com emoções saudáveis ​​dedicam a maior parte do tempo às coisas que as fazem bem, que as ajudam a se aproximarem de onde querem estar. 

Perder tempo significa passar o dia todo fazendo coisas que não têm nada a ver com você ou com seu estilo de vida, só porque você acha que deveria fazê-las. 
Para ser saudável emocionalmente, você precisa dar prioridade a tudo o que implica ser melhor.

8. Acredite que a felicidade “vem” (sem você se mexer)

felicidade chega, sim. Mas o erro é acreditar que é algo que vem sozinho. Se você quer ser emocionalmente saudável, a lição mais importante que você deve aprender é esta: felicidade que você constrói dia a dia.

 
Se você conseguir entender que estar bem não depende de ninguém além de você, estará muito mais perto de estar exatamente onde você quer.